Criado pelo Grupo Mais Evidências. 2019

  • Facebook Social Icon
  • Instagram ícone social
  • YouTube Social  Icon

 

Programação

08:00 

Abertura

 

08:30 -10:30

Ciência, propaganda e mídia

  • A mídia exagera nas informações sobre os avanços das ciências da saúde?

  • Há mais propaganda que informação transparente nos veículos da mídia?

  • Muitas investigações e muitos tratamentos são, hoje, excessivos?

  • Como a informação transparente pode favorecer as decisões compartilhadas entre profissionais e pacientes?

 

10:30 - 11:00

Café

 

11:00 -13:00

Reações aos desperdícios, excessos e omissões da moderna assistência à saúde

  • Na tendência atual, os sistemas de saúde são sustentáveis e contemplam a a equidade?

  • O maior engajamento dos pacientes, dos seus familiares e representantes pode promover melhorias na moderna assistência à saúde?

 

Sobre o simpósio de pacientes

O principal objetivo do simpósio é promover a cidadania nos seus aspectos relacionados à saúde individual e coletiva. O foco maior será fomentar as decisões compartilhadas entre profissionais, pacientes e familiares informadas por evidências científicas. Isso pode ajudar a definir prioridades que merecem grandes esforços, reduzir desperdícios e promover a sustentabilidade dos sistemas de saúde.

 

Frequentemente, a informação que chega aos cidadãos acerca dos efeitos esperados dos tratamentos contém mais propaganda que informação transparente. O que as evidências científicas apontam como provável efeito de um tratamento sobre o risco de morrer ou de sofrer com uma condição? Quais as incertezas da ciência médica? Essas são algumas reflexões que serão levadas ao simpósio, abrindo espaço para proposições e iniciativas. 

 

No cenário atual, a informação transparente se tornou essencial: De um lado, há interesses comerciais, convivendo com práticas arraigadas que, à luz da ciência, já deveriam ter sido abandonadas, ao mesmo tempo que, por várias razões, novas descobertas da ciência moderna demoram a ser incorporadas pelos profissionais.

 

O simpósio trará reflexões, debates e várias experiências bem sucedidas na comunidade internacional da "Prática em Saúde Baseada em Evidências", úteis para pacientes e profissionais, que buscam uma atitude crítica e proativa, uma melhor comunicação e alinhamento de objetivos entre profissionais e pacientes.

 

Simpósio Cidadania e Saúde

As evidências científicas, a informação e a participação dos pacientes nas ações e decisões na saúde.

Quinta-feira, 16 de Fevereiro de 2017

Local : Salão Nobre da Faculdade de Medicina da UFMG,
Av. Alfredo Balena 190, Sta. Efigênia

* A inscrição para o simpósio de pacientes é gratuita e deve ser feita através do Conselho de Saúde pelo e-mail comunicacaoconselho@pbh.gov.br ou pelo telefone (31) 3277-5232

 

 

 

Palestrantes e Debatedores:

 

Profissionais de saúde, gestores, jornalistas, advogados e pacientes

  • Bruno Abreu Gomes (Pedralva) -  médico e presidente do Conselho Municipal de Saúde (CMS-BH);

  • Fabíola Sanches – Jornalista, Comissão Estadual de Defesa do Médico;

  • José Rubem De Alcântara Bonfim, médico sanitarista da  Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo;

  • Luciana Dadalto, advogada, especialista em diretivas antecipadas e testamento vital;

  • Marcelo Dolzany da Costa, Juiz Federal;

  • Rejane Marinho Alves Andrade;

  • Reginaldo Valacio - médico e coordenador do Grupo Mais Evidências;

  • Salvador Alves Teixeira – Conselheiro do CMS-BH.